Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

Castelo de Almourol reabre ao público

almourol vn barquinha web

Monumento nacional e um dos ícones de Portugal, o Castelo de Almourol, concelho de Vila Nova da Barquinha, vai reabrir ao público na próxima terça-feira, dia 6 de abril, na sequência do Plano de Desconfinamento anunciado pelo Governo, e que será alvo de regulamentação específica nos próximos dias. No mesmo dia reabrem o Centro de Interpretação Templário de Almourol (cuja entrada está incluída no ingresso de acesso ao Castelo), e o Posto de Turismo de Vila Nova da Barquinha.
O Plano de Desconfinamento, dividido em quatro fases e com um período de 15 dias de intervalo entre cada fase, de forma a poder ir avaliando os impactos das medidas na evolução da pandemia, prêve numa segunda fase, a iniciar no dia 5 de abril, o levantamento de algumas medidas entre as quais a reabertura de museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares.
De acordo com os diplomas legais e as recomendações da Direção Geral e Saúde, mantem-se as regras de segurança como o uso de máscara, higienização das mãos e distancia social obrigatórias, entre outras medidas.

Equipamentos turísticos municipais com selo Clean & Safe

selo

O Centro de Interpretação Templário de Almourol (CITA), a Biblioteca – Arquivo Templário e Posto de Turismo de Vila Nova da Barquinha já adotaram o selo Clean & Safe. Estes equipamentos turístico-culturais geridos pela Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha atestam desta forma a segurança da sua visitação, no contexto atual de pandemia. Os espaços adotaram as medidas que evitam a propagação do novo coronavírus, permitindo aos muitos visitantes em férias no interior do país uma experiência segura.
O selo “Estabelecimento Clean & Safe – Património Cultural” é atribuído pelo Turismo de Portugal, em articulação com o Ministério da Cultura e as Entidades Regionais de Turismo, aos Equipamentos Culturais Municipais e Postos de Turismo que cumpram as recomendações da Direção-Geral da Saúde para evitar a contaminação dos espaços com o SARS-CoV-2 (novo coronavírus). Esta iniciativa visa sensibilizar as autarquias para os procedimentos mínimos a adotar e incentivar a retoma do setor do turismo a nível nacional e internacional, reforçando a confiança de todos no destino Portugal e nos seus recursos turísticos.
O selo, gratuito e válido até 30 de abril de 2021, exige a implementação de um plano de contingência que, de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde, deve assegurar o distanciamento social e higienização necessária para evitar riscos de contágio e garantir os procedimentos seguros para o seu funcionamento.
No concelho de Vila Nova da Barquinha, outros operadores privados já adotaram este selo, nomeadamente unidades de alojamento e restauração.

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies