Reduzir fonte Letra tamanho normal Aumentar fonte
Portuguese English French Italian Spanish

Barquinha recolhe pilhas para ajudar IPO

pilhas IPO SITE

O Ribas e o Épi passaram por Vila Nova da Barquinha, no dia 12 de janeiro de 2016, para recolher as pilhas e as baterias usadas no âmbito da campanha a favor do Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO).

Promovido pela Ecopilhas, parceira da Resitejo, o 7º Peditório Nacional de Pilhas e Baterias Usadas a favor do IPO decorreu até ao dia 31 de dezembro, com o objetivo de adquirir um aparelho de tratamento para doentes oncológicos do IPO - um LASER CO2 ACUPULSE, para tratamentos de Dermatologia em Cirurgia de Ambulatório.

O Município de Vila Nova da Barquinha associou-se a esta iniciativa solidária, tendo sido recolhidos no concelho cerca de 50 kgs de pilhas e baterias, que foram entregues, junto ao Edifício dos Paços do Concelho, pelo Presidente da Câmara Municipal, Fernando Freire, e pelo Vereador Rui Constantino, às mascotes da Resitejo.

Após a campanha pode continuar a entregar as pilhas usadas de lanternas, relógios, rádios, brinquedos, comandos e as baterias usadas de aparelhos como as máquinas fotográficas, telemóveis, computadores portáteis, ferramentas elétricas, entre outros, num dos pilhões distribuídos pelo concelho: Serviços Municipais, Juntas de Freguesia, Escola D. Maria II, Escola Ciência Viva da Vila Nova da Barquinha, EB1/JI da Praia do Ribatejo e Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha. A entrega será alargada a outros locais a definir oportunamente.

Entregue as pilhas e baterias nos locais indicados em prol do ambiente e da sua saúde, obrigado!

Município implementa medidas de controlo da lagarta do pinheiro

controlo lagarta WEB

O Município de Vila Nova da Barquinha implementa um conjunto de medidas para controlo do nível populacional da lagarta do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa Schiff.). A processionária, também como é conhecida, é um inseto desfolhador que pode parasitar todas as espécies do género Pinus sp. (Pinheiros) e Cedrus sp. (Cedros).
As medidas, descritas no Plano Anual de Gestão Integrada para Controlo e Monitorização da lagarta do pinheiro (Processionária) [PAGIP], elaborado pelo Gabinete Técnico Florestal da autarquia, visam a diminuição dos níveis de ataque da lagarta e subsequentes danos nas árvores afetadas, controlo e diminuição das populações deste inseto nas zonas urbanas, e prevenir o aparecimento de sintomas de alergia.
Após identificação dos locais prioritários com presença de pinheiro-manso, árvore do género Pinus sp. predominante em espaços verdes públicos, procedeu-se à aplicação da microinjeção do tronco (endotratamento) nos pinheiros existentes na EN3 (zona habitacional),  Urbanização Alto da Fonte, Escola D. Maria II de Vila Nova da Barquinha e EB1/JI da Praia do Ribatejo. Na Escola Ciência Viva de Vila Nova da Barquinha foi introduzido um método de controlo biológico da lagarta do pinheiro com aplicação de um bioinsecticida de Bacillus thuringiensis (Bt).  
O referido plano prevê ainda, durante o primeiro trimestre do próximo ano, a colocação nas escolas do concelho e em espaços verdes públicos de caixas-ninho para dois predadores naturais, que se alimentam desta lagarta: o chapim-real (Parus major) e o chapim-azul (Parus caeruleus. Nesta fase pretende-se envolver alunos e docentes do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha na montagem das caixas-ninhos. Posteriormente serão colocadas caixas-ninho noutras zonas prioritárias (com maior nível de ataque) do concelho, envolvendo a comunidade em geral na montagem das caixas-ninhos.
A partir do segundo trimestre do ano de 2016 está previsto a colocação de armadilhas tipo funil verde e transparente com feromonas sexuais em cápsulas para captura da borboleta.
Se detetar a presença da processionária na sua propriedade deve recorrer a um dos meios de luta indicados no PAGIP (disponível na página oficial da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha), consoante a época do ano, localização da árvore a tratar e a fase do ciclo de vida do inseto. Em caso de dúvida sobre o tipo de tratamento, e se pretender mais esclarecimentos contacte o Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal.

Subcategorias

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies